Unimed
wwwblogdopalestra.blogspot.com
A Cedae e o Grupo Unimed assinaram hoje, na sede da Companhia, no Centro, Termo de Cooperação que viabilizará a ampliação do sistema de esgotamento sanitário da região conhecida como Via Parque e áreas periféricas, na Barra da Tijuca. O projeto de engenharia e a operação do sistema serão de responsabilidade da Cedae, cabendo à Unimed aplicar os recursos financeiros e executar, em 180 dias, as obras de implantação do tronco coletor de esgotos.

– Com a conclusão prevista para daqui a 120 dias, as obras representam um avanço em direção à melhoria da qualidade do meio ambiente da Zona Oeste. As intervenções também marcam mais uma parceria entre o governo do estado, através da Cedae, com investidores privados daquela área, tal qual o projeto de escoamento da Península, que está em obras e sendo realizado por empreendedores imobiliários da região, que há décadas reivindicam investimentos em saneamento básico – destacou Victer.

Com a implantação de troncos e redes coletoras de esgoto, os cerca de 350 mil litros de esgoto que seriam lançados, por dia, no sistema lagunar da Barra, passarão a ter o tratamento ambiental adequado, ou seja, serão levados à estação de tratamento de esgotos (ETE) da Barra e, finalmente, ao emissário submarino.

O diretor administrativo da Unimed, Bartholomeu Coelho, afirmou que a parceria será extremamente benéfica para a operação do novo hospital.

– Não precisaremos manter uma pequena estação de tratamento, que na maioria das vezes não tem a eficiência necessária, e deixaremos o esgotamento sanitário do novo hospital a cargo da Cedae, que dará o tratamento adequado ao esgoto produzido no local -, disse Bartholomeu. *[ Mais informações e utilidade pública basta um clique no banner lincado].

Fonte: revistafator.com.br

Previous post

HSBC Arena receberá Ultimate Fighting Championship

Next post

Espaço Barra Show: ensaio Oficial do Salgueiro e Furacão 2000 Tsunami

No Comment

Deixe uma resposta