A Casa Benet Domingo, em parceria com a Fundação Cidade da Artes, oferece, dia 4 de agosto, a partir das 15h, a Oficina de Observação de desenho de Modelo Vivo e impressão com Barro/Gravura.

A partir do material primordial que é o barro, estendido em bandejas recicláveis de isopor, serão gravadas com palitos reutilizados o desenho de observação do Modelo Vivo, reproduzindo a imagem no tecido. Como resultado final haverá exibição das placas “matrizes” e os tecidos pendurados em cabides que serão expostos para visitação do público na Sala de Leitura. A entrada é franca

Ao longo de três anos, a Oficina de Modelo Vivo e Gravura vem ganhando maturidade e agregando alunos de diferentes países, com diferentes técnicas. O objetivo principal é desenvolver a criatividade, ampliar o conhecimento pessoal através da Arte, e capacitar o aluno em várias técnicas das artes plásticas, muitas dessas técnicas são utilizadas no trabalho cotidiano da artista plástica Pilar Domingo.

Os participantes podem levar materiais recicláveis, como esponja de cozinha, palito de churrasco, bandeja de isopor, corpo de caneta, garrafa lisa sem detalhes no seu corpo, camiseta branca de algodão, pregador de roupa. O material será utilizado nas atividades

Inscrições: saladeleiitura.fca@gmail.com ou 3325-0448

Previous post

Cidade das Artes recebe projeto internacional de dança

Next post

Oficina para atores com o cineasta Felippe Luhan no shopping Downtown