A SBD promove, pelo segundo ano consecutivo, o curso “Cuidados da Pele do Idoso: o que é importante a população saber para cuidar da pele envelhecida”. A atividade acontece no primeiro dia do Simpósio de Envelhecimento da SBD Nacional, 28 de março (quinta-feira), das 10h às 12h, no Hotel Windsor Oceânico, na Barra da Tijuca (RJ), e prioriza inscrições para os cuidadores profissionais e familiares de idosos.

Diagnóstico precoce do melanoma, doenças mais comuns nesse período da vida e prevenção dessas enfermidades são alguns dos assuntos em pauta. Os interessados em participar da atividade podem se inscrever pelo e-mail graca@sbd.org.br, informando nome completo, CPF, RG e telefone de contato. O curso tem lotação máxima de 50 pessoas e o valor é de R$ 50.

Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2018, o indicador da população idosa estava em 13%. Em 2030, as projeções do órgão apontam para 32%. Isso significa que em cerca de 20 anos, o Brasil terá mais idosos que crianças e adolescentes de 15 anos de idade.

Nessa perspectiva, a SBD entende que a sociedade médica necessita estar preparada para cuidar da pele envelhecida. “O envelhecimento é um processo natural, universal e a pele é um órgão que se modifica muito com o passar dos anos. Perda da hidratação, oleosidade e elasticidade e aumento de sua fragilidade, física e defesa imunológica são algumas consequências do envelhecimento. Portanto, cuidados diários envolvendo o uso de protetor solar, limpeza e hidratação são capazes de garantir o envelhecimento com uma pele saudável”, explica a Dra. Silvia Marcondes, coordenadora do Departamento de Geriatria da SBD.

Previous post

Sugestões de outono no Barra Grill Steakhouse

Next post

Cidade das Artes apresenta opereta composta por Noel Rosa