Nos últimos anos, a técnica de micropigmentação vem ganhando destaque no mercado brasileiro não só pelos benefícios estéticos mas também pelos inúmeros resultados positivos na área paramédica.

Indo muito além da manutenção da beleza das sobrancelhas e lábios, a micropigmentação permite camuflar cicatrizes na pele e também reconstruir as auréolas mamárias, auxiliando pessoas que passaram por acidentes e cirurgias que deixaram marcas na pele.

Para Nanda Gama, especialista em micropigmentação e proprietária do Espaço Nanda Gama e Gamma Academy (em que ministra cursos sobre o tema), localizado na Barra da Tijuca, no caso da reconstrução de auréolas, por exemplo, o objetivo do procedimento é devolver o sentimento de reconhecimento de ser mulher e ser feminina para quem travou uma luta contra o câncer de mama.

A técnica é realizada em pacientes que passaram por tratamentos contra a doença e cirurgias. “Desta forma, conseguimos devolver a aparência natural dos seios ajuda na sua autoestima e retomada da vida normal”, comenta a profissional. De acordo com o INCA, o câncer de mama é o tipo da doença mais comum entre as mulheres no mundo correspondendo a cerca de 25% dos casos novos a cada ano. No Brasil, esse percentual é de 29%.

Outras áreas podem ser reparadas ajudando na reconstrução e camuflagem de cicatrizes, manchas e sardas brancas, senis ou acrômicas – principalmente vitiligo. Referência na área no Brasil, Nanda explica que tanto na área puramente estética quanto na paramédica o objetivo é traze r um resultado o mais próximo do natural possível.

O Espaço Nanda Gama fica na Barra, na Avenida João Cabral de Melo Neto, 200, Bloco 7 – Sala 139.
www.nandagama.com

Previous post

Shopping Metropolitano Barra promove workshops com temas variados

Next post

Aerotown promove shows homenageando Tim Maia e Barão Vermelho