Os benefícios da cerveja

Ela é considerada paixão nacional, veja os benefícios da cerveja!

Considerada uma paixão nacional, a cerveja combina com: assistir um bom jogo de futebol, brincar o carnaval, desfrutar de um encontro romântico, comemorar uma ocasião qualquer, aproveitar um dia de sol na praia, jogar um carteado com os amigos, curtir uma balada noturna ou simplesmente bater um papo, entre muitas outras coisas. Mas há ainda mais benefícios da cerveja.

Até bem pouco tempo, quase todo mundo acreditava que a cerveja era uma vilã para a saúde. No entanto, apesar de má reputação, hoje sabe-se essa agradável bebida possui antioxidantes naturais e vitaminas que auxiliam na prevenção de doenças do coração, bem como auxiliam na reconstrução da musculatura.

Apelidada de “pão líquido”, a cervejinha tem bastante carboidratos e mais calorias do que a maioria das comidas e bebidas; uma lata de cerveja contém cerca de 150 calorias, enquanto que o também popular pãozinho francês possui por volta de 145 calorias.

Agora você vai conhecer todos os benefícios da cerveja e saber por que a loura gelada faz bem

Uma paixão antiga

A cerveja é uma amiga de longa data da humanidade, sendo produzida e consumida há cerca de 10 mil anos. Há vestígios arqueológicos que evidenciam que a bebida alcoólica feita à base de cevada já era saboreada pelas primeiras civilizações: sumérios, assírios, egípcios e babilônios já sabiam dos benefícios da cerva, revelaram descobertas arqueológicas.

O código legal criado pelo rei babilônico Hamurabi marcou um avanço sem precedentes na superação da barbárie, tornando-se o mais adequado, até então, conjunto de leis que direcionava ao que hoje conhecemos como justiça; pois bem, o referido código eternizado num monumento da Babilônia datado de 1772 A.C. já  regulamentava a produção da citada bebida alcoólica e a respectiva quantidade a que cada cidadão tinha direito na pagã, porém fascinante e avançada tecnológica e militarmente civilização.

O amor continua

Hoje, as três bebidas mais populares do planeta são, nesta ordem: água, chá e cerveja. Entre todas as bebidas fermentadas ou destiladas existentes, a cerveja é a que mais possui adeptos e movimenta um mercado de centenas de bilhões de dólares anualmente.

Na imensa maioria dos casos, o teor alcoólico da loura gelada varia de 4% a 7%, mas pode chegar até 40%, se for utilizado determinado método por resfriamento.

Benefícios da cerveja; mais motivos para amá-la

Uma loura faz tão bem quanto vinho tinto; pesquisas recentes equiparam os mesmos benefícios ao coração proporcionados por cerveja e vinho, bebida que, desde o início da década de 90, era o grande xodó dos médicos e apontada como considerável aliada na busca pela boa saúde. Ou seja, beber moderadamente aquela cervejinha faz muito bem e traz mais saúde para sua vida!

Apesar da maioria preferir a cerveja clara, a mais saudável é a cerveja escura, que contém bem mais antioxidantes, que nos auxiliam na reversão de danos celulares, e mais ferro, elemento muito importante presente em cada célula e que transporta o oxigênio para todo o nosso corpo. Para quem busca saúde, outra boa dica é optar pelas cervejas artesanais, explicam os médicos.

Cerveja hidrata

Nosso organismo é composto por mais ou menos de 2/3 de água; cerca de 60% (adultos) a 70% (bebês) do que nós somos é H20, por isso, é muito importante mantermos nosso corpo bem hidratado, especialmente no verão e nos dias mais quentes.

Essa saborosa bebida contém 93% de água e, sendo assim, ela é nossa aliada quando o assunto é hidratação. Um estudo realizado na Espanha mostrou que ingerir uma agradável cerveja quando suamos sob o sol pode hidratar mais que ingerir apenas água.

Os especialistas recomendam, mas fazem ressalva 

O Dr. Felix José Alvarez Ramires é cardiologista do Hospital do Coração alerta que o álcool é tóxico para as células do coração, portanto de-se consumir no máximo duas latinhas de cerveja por dia.

“É importante lembrar que tudo tem seu limite; assim, se você consumir uma (mulheres) ou duas latas (homens), no máximo, você consegue benefícios, especialmente nas gorduras sanguíneas; a cerveja funciona como antioxidante”, esclarece o Dr. Nabil Ghorayeb, médico cardiologista.

“O vinho tinto tem sido a bebida alcoólica mais estudada. No entanto, estudos epidemiológicos e ensaios clínicos recentes revelam relações semelhantes para a cerveja”

Dr. Demóstenes Panagiotakos

“O vinho tinto tem sido a bebida alcoólica mais estudada. No entanto, estudos epidemiológicos e ensaios clínicos recentes revelam relações semelhantes para a cerveja”, explica o Dr. Demóstenes Panagiotakos, especialista em Bioestatística, Métodos de pesquisa e Epidemiologia reitor da Universidade Harokopio, Grécia.

“Apesar de má reputação, a cerveja realmente tem uma série de antioxidantes naturais e vitaminas que podem ajudar a prevenir doenças cardíacas e até mesmo auxiliam na reconstrução muscular. Claro, isso significa que você precisa definir limites – uma cerveja faz muito bem, mas quatro tornam você gordo”, detalha o Dr. Manny Alvarez, autor de diversos livros e consultor do canal da TV americana Fox News.

“A vida é curta; se houver uma alimentação saudável aliada à prática de atividades físicas e um consumo moderado da bebida, a balança não será um problema”, alega Simone Mendes, nutricionista e colaboradora do G1.

Beber sempre com moderação é a dica

Como tudo na vida, não se deve passar do limite considerado saudável pela medicina quando o assunto é consumir birita: um copo de cerveja para as mulheres e dois para os homens, em média.

Assim sendo, saborear uma cerva bem gelada na happy hour é capaz de funcionar como higiene mental e ajudar você a fugir da rotina entediante ou até sufocante, também pode transformar um dia duro de trabalho num belo e relaxante início de noite e ainda tornar sua vida mais feliz, combatendo o estresse.

Não obstante, para que isso aconteça, tenha juízo e seja responsável: evite problemas, bebendo com moderação e nunca dirigindo quando consumir qualquer quantidade de álcool.

Ser um bêbado chato queima o filme

Apesar de todos esses benefícios da cerveja, são bem conhecidos os seríssimos problemas que o alcoolismo pode causar, e quase todos conhecemos alguém que tenha passado por esse drama.

Além disso, exagerar na bebida pode ocasionar transtornos psiquiátricos e trazer graves consequências para a vida de uma pessoa e de sua família, além de poder causar danos a terceiros.

Mesmo para aos que não são alcoólatras, vale lembrar também que poucas coisas na vida podem ser mais ridículas e irritantes que um bêbado chato; não pague mico.

Faça exame de consciência, seja esperto e evite também aquele porre ocasional, o nefasto beber pesado episódico (BPE), que é tomar quatro (mulheres) ou cinco (homens) tulipas de cerveja ou chope num período de duas horas; além de dar uma baita ressaca, ainda destrói você por dentro e por fora.

“O BPE é um padrão bem frequente, muita gente acaba bebendo grandes quantidades de álcool em um curto período de tempo numa sexta à noite ou em um fim de semana. Um padrão que acreditamos ser inocente foi apresentado como um fator importante para demonstrar alterações nocivas já na fase universitária”, explica o Dr. Arthur Guerra de Andrade, médico-psiquiatra.

Benefícios da cerveja e benefícios da Lei Seca

Jamais pegue a direção de um veículo quando estiver alcoolizado, pelos motivos citados e ainda porque você pode ser obrigado a soprar bafômetro numa blitz da Lei Seca, perder pontos na carteira e ainda ter um tremendo prejuízo com seu carro rebocado.

Sair da versão mobile