Search Day Night
3837 Followers
As Melhores Praias Da Barra Da Tijuca (E Recreio Dos Bandeirantes)

As melhores praias da Barra da Tijuca

Total
2
Shares

As praias da Barra da Tijuca estão entre as melhores praias do Rio de Janeiro… e do Brasil: Conheça as melhores praias da Zona Oeste da Cidade Maravilhosa!

Praia da Barra

Considerada uma das mais belas do mundo, a Praia da Barra é a maior do Rio de Janeiro, possuindo aproximadamente 15 km de extensão. Não é nenhum exagero dizer que por ali, ao logo da Avenida Lúcio Costa, estão alguns dos melhores e mais exclusivos prédios de apartamentos, condomínios, hotéis e apart-hotéis de toda a América Latina.

A imensa e irresistível ciclovia é um convite para um agradável passeio de bicicleta (que pode ser alugada com cartão em diversos “laranjinhas” espalhados pelo charmoso bairro). O calçadão é o local ideal para quem gosta de caminhar ou correr e possui muitos quiosques, indicados para quem quiser tomar aquela aguinha de coco gelada, beber uma cervejinha ou fazer uma refeição com frutos do mar, funcionando, inclusive, à noite.

Essa praia possui diversos postos de salvamento numerados que disponibilizam também chuveiros e banheiros, cobrando apenas o preço para a manutenção e que podem ser aquela mão na roda para tirar a areia do corpo antes de entrar no carro ou no ônibus. Os mesmos postos servem como ponto de encontro para crianças e animais domésticos perdidos.

A Praia da Barra é indicada especialmente para quem privilegia uma orla menos urbanizada, como a encontrada na também mundialmente conhecida Praia de Copacabana.

Quase sempre, a água é muito limpa e própria para o banho de mar; os locais com água menos limpa costumam ser quase sempre o início (Quebra-mar, Pepê) ou em frente ao condomínio Alfa Barra (Posto 8), este último local costuma lotar nos fins de semana e feriados, devido à proximidade com o terminal de ônibus Alvorada.

Já entre o Alfa Barra e a Praia do Recreio, o acesso é mais difícil e só recomendado de carro ou moto, possuindo diversos locais próprios para estacionamento dos veículos, além de quiosques e postos de salvamento; ideal para quem aprecia uma praia menos movimentada.

Mas atenção: nos fins de semana e feriados, o trânsito se intensifica muito, sendo recomendado chegar cedo, almoçar por ali ou programar um retorno mais racional utilizando a Avenida das Américas.

YouTube video

Onde pegar praia na Barra da Tijuca?

Praia do Pepê

A urbanização da Barra da Tijuca começou na área que engloba a Praça do Ó e a Avenida Olegário Maciel, conhecida como Jardim Oceânico. Ali, fica localizada a Rua Noél Nutels.

No final da década de 60 e início da década de 70, as primeiras famílias se mudaram para o novo bairro que crescia ainda sem saneamento básico ou vias de acesso funcionais (a Autoestrada Lagoa-Barra, recentemente nomeada Engenheiro Fernando Mac Dowel, só seria inaugurada em 1982).

O visionário empreendedor e ícone dos esportes radicais Pedro Paulo Lopes, o Pepê, montou, no fim da década de 70, em frente à Rua Noél Nutels, um (pioneiro) quiosque de comida natural voltado para amantes do surf, windsurf, voo livre e outros esportes radicais, principalmente, tornado-se rapidamente um sucesso.

A partir de meados da década de 80, a juventude criada em contato com a natureza exuberante e ainda selvagem do local criou um estilo de vida muito ligado ao oceano, e o local passou a ser conhecido com Praia do Pepê.

A areia bem branca e mais fina que a encontrada nas praias da Zona Sul somada à agua do mar cristalina, limpa e com ótimas ondas para os surfistas fez da Praia do Pepê a mais badalada do Rio, concentrando ali gente bonita, famosos e esportistas.

Aqueles 2 Km da ponta da praia da Barra da Tijuca foram, até o início deste século, um dos ambientes mais saudáveis e agradáveis da Cidade Maravilhosa. Contudo, a poluição descontrolada de ligações de esgoto clandestinas de comunidades e condomínios de alto padrão tiraram parte do antigo glamour.

Ainda assim, a região da Avenida do Pepê ainda possui um dos metros quadrados mais valorizados no País, devido à qualidade de vida e a sua bela paisagem natural. A Praia do Pepê é o point para quem aprecia esportes radicais, em especial o kitesurf.

É relativamente mole encontrar vagas por ali, existem linhas de ônibus que servem o local e ainda existe a estação do metrô Jardim Oceânico (distante apenas uma boa caminhada), tornando o acesso fácil.

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: Praia do Pepê

Quebra mar

Logo ao chegar na Barra vindo da Zona Sul e indo pela Autoestrada Lagoa-Barra, passamos pelo elevado do Joá, de onde podemos observar um costão de pedra e um dos locais mais bonitos da cidade.

No início da Praia da Barra desemboca um lagoa, formando pedaços de areia frequentados por famílias de moradores, com bastante movimentação de embarcações e onde também há muita frequência de pilotos de jet sky e praticantes de stand up paddle, entre outros.

A Praia do Quebra mar é o início da longa Praia da Barra da Tijuca e lá existe um imponente e aprazível píer onde quebram grandes ondas e de onde pode-se fazer excelentes vídeos e fotos para guardar de recordação.

Nos quiosques, pode-se apreciar toda a beleza da praia saboreando tira-gostos ou frutos do mar e bebendo água de coco ou uma cervejinha bem gelada.

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: Quebra Mar

Praia dos Amores

Ali pertinho, bem embaixo do Elevado do Joá, tem uma outra faixa de areia menos conhecida e chamada Praia dos Amores, que só existe quando a maré está baixa; uma praia com água rasa, mar tranquilo e sem ondas.

É fácil encontrar vagas para estacionar, mas também é possível chegar de ônibus e até de metrô (a estação Jardim Oceânico fica a menos de 2 km). O único problema é a poluição; nem sempre o INEA recomenda o Quebra mar ou a Praia dos Amores.

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: Quebra Mar e Praia dos Amores

Joatinga

Que tal conhecer uma praia totalmente diferente das demais praias da cidade de São Sebastião do Rio de janeiro? Que tal chegar em um lugar de beleza ímpar e capaz de render excelentes fotos para guardar de lembrança? E que tal passar uma manhã ou tarde num local paradisíaco e que parece até ter sido criado para momentos de muito romantismo?

Se você respondeu sim para uma ou mais das três perguntas, conheça seu próximo destino no Rio de Janeiro:

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: Praia da Joatinga

A Praia da Joatinga é sem nenhuma sombra de dúvida uma das mais bonitas da cidade e por isso mesmo parada obrigatória para turistas que procuram as mais exóticas praias do Brasil e do resto do mundo.

Com acesso passando a ser controlado em anos mais recentes, está localizada num condomínio fechado à beira de um penhasco, podendo ter acesso negado se estiver muito cheia. É um pedaço de areia de tamanho reduzido que pode até sumir totalmente na maré cheia.

Para chegar ao local é preciso descer pelas rochas numa trilha relativamente fácil para a grande maioria das pessoas e animais de estimação, mas que poderá ser mais difícil para quem tiver alguma dificuldade motora.

É excelente para quem quer fugir da rotina, pois você já faz bastante exercício antes de pisar na areia. Nos dias de semana fica quase deserta, excessão feita a surfistas e praticantes de bodyboard, já que suas ondas costumam ser de bom tamanho e muito tubulares.

Localizada no Joá, o menor bairro da região administrativa da Barra da Tijuca, a exótica e quase selvagem Praia da joatinga é protegida por gigantescos paredões de rochas, por isso, é sempre bom programar-se direitinho e chegar cedo, uma vez que o sol se põe mais cedo por lá.

É uma praia bastante exclusiva e recomendável para quem prefere um local um pouco mais sossegado, tendo seu acesso praticamente restrito a quem vai de carro ou moto (o estacionamento é fácil).

Praia da Reserva

Localizada entre a Praia da Barra da Tijuca e a Praia do Recreio, a Praia da Reserva é uma região natural protegida e ganhou esse nome porque fica colada a uma grande área de proteção ambiental na Reserva de Marapendi. No início da década passada, passou a integrar  oficialmente o Parque Natural Municipal Barra da Tijuca Nelson Mandela.

A Praia da Reserva é ideal para quem procura areia limpa e muito branca, água cristalina e sem poluição, um lugar longe do agito típico da cidade grande e sem nenhum prédio ou condomínio nas proximidades para competir com a sempre inigualável vista da mamãe natureza.

Do ponto de vista geográfico, é a continuação da Praia da Barra. Quando dela nos aproximamos, temos a sensação de chegar a uma praia selvagem!

São nada menos que 8 km de praia quase intocada, mas com todas as facilidades gastronômicas dos quiosques da orla e que ainda contam com o conforto proporcionado pelo estacionamento ao logo da Avenida Lúcio Costa. É bastante frequentada por famílias por tudo isso e pelo ambiente normalmente tranquilo e familiar.

O local também é frequentado por muitos surfistas devido ao fundo de pedra de determinados locais, o que proporciona ondas de boa formação quando aliadas a condições favoráveis de vento.

O acesso só é possível de carro, moto ou balsa (os moradores dos condomínios do outro lado da Lagoa Marapendi utilizam balsas para chegar até o mar), não sendo aconselhável tentar ir de ônibus, devido a inconstância das linhas que muitas vezes são até desativadas.

Nos fins de semana e feriados, pode ter mão invertida e trânsito muito intenso, para o qual serão necessários muito bom humor e paciência, por isso, programe-se chegando e saindo um pouco mais cedo.

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: Praia da reserva

Praia do Recreio

Muitos consideram que o Recreio dos Bandeirantes é hoje é o que era a Barra da Tijuca no começo de sua urbanização, por isso, é um dos bairros de classe média e classe média alta que mais valorizam na cidade, principalmente após as realizações das Olimpíadas do Rio e da Copa do Mundo no Brasil, que proporcionaram melhorias na infraestrutura, como a TransOlímpica e o BRT. Um bairro bastante calmo para os padrões do Rio de Janeiro.

Geograficamente falando, a Praia do Recreio, na Zona Oeste do Rio, é uma longa faixa de areia e mar, a extensão pura e simples da Praia da Barra e da Praia da Reserva, tendo seu final na Pedra do Pontal.

Muito frequentada por surfistas, moradores e visitantes, especialmente nos finais de semanas e feriados, proporciona mais tempo de exposição ao sol (que se põe no Oeste) do que as praias da Zona Sul, em parte também porque os edifícios de sua orla não são muito altos.

Por ser privilegiada em matéria de ondas de bom tamanho, a Praia do Recreio é um dos locais favoritos para a realização de campeonatos de surf e bodyboard. O final da praia é conhecido como Canto do Recreio e possui ondas menores e de boa formação, sendo ideal para iniciantes no surf, por isso, possui inúmeras escolinhas e instrutores do estiloso esporte surgido no Havaí.

Possui alguns postos de salvamento equipados com chuveiros e inúmeros quiosques de temáticas variadas, alguns com música ao vivo. Além disso, é muito fácil alugar cadeiras e barracas de sol na areia.

É uma praia mais urbanizada que a Praia da Reserva e mais natural que a Praia da Barra. Para quem preza a prática de esportes ao ar livre, é fácil alugar pranchas de surf e também de bicicletas para usar na ciclovia. Também existe ali uma ótima pista de skate gratuita.

Existem locais específicos da Prefeitura do Rio para estacionar automóveis e motos ao longo de toda a orla do Recreio dos Bandeirantes. A Praia do recreio pode ser facilmente acessada por diversas linhas de ônibus oriundas de várias partes da cidade.

Em algumas épocas do ano, a pista mais próxima da orla fica interditada, criando uma imensa área de lazer sempre muito aproveitada por famílias com crianças e animais domésticos, bem como pelos skatistas.

O maior diferencial da Praia do Recreio talvez seja a Pedra do Pontal, de onde se pode ter uma das mais belas vistas da Cidade Maravilhosa e facilmente acessível por uma trilha de relativa facilidade até para crianças. A Pedra do Pontal separa a Praia do Recreio da Praia do Pontal (ou Macumbinha).

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: Praia do pontal

Praia do Pontal

A Praia do Pontal é a preferida para os moradores da região que buscam um local sem ondas ou ondas muito pequenas. De fato, ali é um dos locais favoritos dos cariocas para a prática do longboard e SUP, porque as ondas costumam quebrar bem longe da beira e só quebram no cantinho da Pedra do Pontal muito raramente (uma ou duas vezes por ano), em dias de ressaca.

Essa praia costuma ficar muito cheia nos fins de semana e feriados, assim como nas férias escolares; quanto mais próximo da Pedra do Pontal mais lotado fica. É fácil (mas nem sempre barato) alugar cadeiras e barracas na areia. No calçadão da mesma, encontramos diversos quiosques e até uma tradicional e rústica peixaria com frutos do mar sempre muito frescos.

Mais para o meio da praia, o destaque é o quiosque do surfista Rico de Souza, point da galera equipado bicicletário e suporte para pranchas e onde servem um dos melhores açaís da cidade. Também por ali, diversas hospedarias recebem gente durante o ano inteiro, em especial, surfistas, e onde funcionam também restaurantes rústicos com vista para o mar e (por vezes) música ao vivo. A ciclovia é contínua (desde a Barra até Grumari), passando por ali também.

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: Praia da Macumba

Praia da Macumba

Seguindo na direção Oeste pela ciclovia, chega-se à Praia da Macumba, uma das três melhores da cidade do Rio de Janeiro para a prática do surf. Devido à posição privilegiada, costuma ser favorecida durante o ano inteiro para o surf devido às condições apropriadas de vento e ondulação.

As ondas na Praia da Macumba são cheias, fortes e geralmente maiores que as da Praia do Pontal. Em dias de “grandes” não é indicada para surfistas iniciantes.

Geograficamente falando, a Praia da Macumba é mera extensão da Praia do Pontal. As duas praias são separadas pela bonita Pedra da Macumba, que não é muito alta, é facílima para qualquer pessoa acessar e de onde se tem uma ótima vista para fazer belas imagens.

Localizada entre a Praia do Pontal e a Prainha, A Praia da macumba possui quiosques com cardápios variados e também um tradicional, grande e bem equipado camping. É uma praia que possui todas as facilidades gastronômicas, para estacionar etc, mas que quase nunca fica lotada.

Embora não seja impossível chegar de transporte público, é imensamente mais recomendável ir de carro ou moto. A Praia da Macumba possui diversos locais determinados pela Prefeitura do Rio para estacionar; mas atenção: não é incomum veículos estacionados fora das áreas específicas ou sem cartão indicando pagamento serem rebocados pela Guarda Municipal.

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: Praia da Macumva / CCB

Praia do Secreto

Existe um piscina natural localizada entre a Praia da Macumba e a Prainha, conhecido como Praia do Secreto, que só pode ser acessada na maré baixa, através de uma trilha relativamente difícil. Embora seja uma experiência muito agradável, para evitar maiores problemas, não é recomendado aos marinheiros de primeira viagem irem sem alguém para guia-los.

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: Praia do Secreto

Prainha

Localizada entre a Praia da Macumba e a Praia de Grumari, a Prainha é uma faixa de cerca de 700 metros de areia, água cristalina, rochedos com cachoeira, trilhas, animais selvagens e vegetação nativa.

Para quem já conheceu algumas das mais exóticas praias do Brasil e do resto do mundo, nenhuma praia do Rio de Janeiro é mais recomendável que a Prainha, a mais bela e uma das mais preservadas da Cidade Maravilhosa.

Mas não para por aí: a Prainha também é a melhor praia do Rio de Janeiro para a prática do surf, tanto no que se refere à qualidade das ondas quanto no que tange a constância das mesmas. Por estar localizada entre paredões de pedra, fica protegida da maioria dos ventos que sopram durante o ano inteiro, além disso, seu fundo constante é um grande aliado para a formação de boas ondas, que podem ser perfeitas em condições de 1, 2,3 ou mais metros de altura.

Contudo, por ser um lugar tão especial também para o esporte, não é indicada para sufistas iniciantes, pois é frequentada majoritariamente por atletas experientes e surfistas profissionais. Além disso, em dias grandes, pode haver algum localismo.

Com tantos atrativos, é compreensível que seja uma das praias preferidas pelos turistas e esteja sujeita à lotação durante o verão. Portanto, é aconselhável fazer uma programação adequada e chegar cedo, especialmente no período das férias de fim de ano. Já durante o restante do ano, não é tão concorrida, e, em dias de semana, fica bem tranquila.

No local é proibido construir casas, prédios ou condomínios, no entanto tem estacionamento e uma estrutura onde é possível tomar uma chuveirada. Lá também existem quiosques, onde você encontra aquela água de coco, aquela cervejinha, aquele sanduíche natural e aquele açaí, bem como restaurante que serve refeições e tira gostos.

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: PraiNha

Grumari

Saindo da Prainha por uma sinuosa via asfaltada e seguindo na direção Oeste, chega-se a um lugar quase mágico com cerca de 2,5 km de extensão, cercado de natureza por todos os lados e onde o sol se põe muito mais tarde que nas outras praias do Rio de Janeiro.

Não há quem não fique encantado ao chegar na Praia de Grumari!

Assim como acontece na Prainha, é proibido a construção de casas, prédios, hotéis ou condomínios na bela Grumari, o que faz dela um dos melhores locais da cidade para estar em contato direto com a natureza e respirar ar puro. A praia é cercada por morros, vegetação exuberante e fauna nativa. Apesar do estilo rústico e selvagem, possui muitos quiosques, alguns poucos restaurantes e estacionamento por todo sua extensão.

Nos fins de semana, o local é bastante frequentado por famílias, casais apaixonados e surfistas. Trata-se de um charmoso pedaço de areia muito tranquilo e livre de poluição, sendo especialmente indicado para quem prefere praias selvagens e silenciosas às praias urbanas e barulhentas, como as da Zona Sul (de fato, Grumari é a antítese de Copacabana). O lugar ideal para quem gosta de relaxar ou para quem quer de aproveitar os últimos raios de sol.

Mas nem tudo é uma maravilha: assim como acontece coma Prainha, seu acesso pode ser restringido pela Guarda Municipal durante o verão, devido ao enorme número de automóveis e motocicletas, uma vez que são os únicos meios para se chegar a esse paraíso carioca. Por isso, programe-se direitinho levando em conta a época do ano para não ser surpreendido.

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: PraiNHA e Praia de Grumaria

Praia do Abricó

Logo ao chegar em Grumari, encontramos uma pequena e bela praia de areia limpa e livre de qualquer poluição marítima chamada Abricó. Cenário escolhido para locação de inúmeros filmes nacionais e novelas de TV por sua extraordinária beleza natural, Abricó fica no início da Praia de Grumari e fica separada do restante da faixa de areia por algumas lindas pedras que tornam o lugar ainda mais exclusivo, mas de uma forma natural.

Não foi a toa que se tornou oficialmente, em 2014, a primeira praia exclusiva para gente nua na Cidade Maravilhosa. Com acesso controlado, a Praia do Abricó é uma das únicas praias dedicadas ao naturismo do Brasil e lá só entra que estiver pelado. Não obstante, é um lugar tão bonito que vale a pena conhecer. Para quem tiver qualquer dúvida, é melhor se informar a respeito no site da Federação Brasileira de Naturismo, responsável pela administração do local.

As únicas formas de chegar até a Praia do Abricó são de carro ou moto.

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: Praia do Abricó

Barra da Guaratiba

Saindo de Grumari e seguindo na direção do sol poente, chega-se a Barra de Guaratiba, considerado um dos polos gastronômicos mais icônicos do Rio, por ser repleto de bons restaurantes especializados em frutos do mar e onde não se paga tão caro quanto na Zona Sul ou na Barra da Tijuca por um prato com camarão, polvo ou lagosta.

Nessa simpática área de preservação ambiental repleta de manguezais e mata nativa, também encontra-se uma pequena praia sem ondas e cercada por casas ao estilo rústico. Já do outro lado do canal, existe uma área restrita da Marinha onde só se pode entrar com autorização e onde tem inicio a Restinga de Marambaia — nas condições certas (mar de ressaca e vento Leste), dizem alguns surfistas, é um dos melhores lugares para a prática do esporte.

YouTube video
As melhores praias da Barra da Tijuca: Praia de Guaratiba

Tire suas Dúvidas

Qual é a melhor praia da Barra da Tijuca?

Depois de ler esse artigo, só lhe restará visitar suas preferidas. Afinal, a melhor praia da Barra da Tijuca depende de fatores que vão além da natureza, como destinos de surfe, praias para a família, praia de águas calmas e de acesso fácil.

Quantos postos tem a praia da Barra da Tijuca?

São doze (12) postos de salvamento ao longo das praias da Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes.

Tem favela perto da Barra da Tijuca?

Não. As praias da Barra da Tijuca não estão localizadas próoximas à área de favelas.

Qual a zona da Barra da Tijuca?

A Barra da Tijuca está situada na Zona Oeste da cidade (maravilhosa) do Rio de Janeiro.

Quantos quilômetros tem a praia da Barra da Tijuca?

praia da Barra da Tijuca do Rio de Janeiro tem 14,4 Km de comprimento, estendendo-se ao longo da Avenida Lúcio Costa até o Recreio dos Bandeirantes, começando na ponte sobre o Canal da Joatinga e terminando nas avenidas Salvador Allende e Alfredo Baltazar da Silveira,  quando se encontra como o início do bairro do Recreio dos Bandeirantes.

As Melhores Praias Da Barra Da Tijuca: Quebra Mar.
As melhores praias da Barra da Tijuca

Praias da Barra da Tijuca, muito além “do Leme ao Pontal”, são as melhores praias do Rio de Janeiro.

A região administrativa da Barra da Tijuca concentra algumas das melhores praias do Brasil, que ajudam a atrair turistas para a Cidade Maravilhosa.

Seja para praticar esportes aquáticos, seja para apenas relaxar na areia, seja para uma corrida no calçadão ou seja para degustar uma boa refeição à beira-mar, existem muitas opções nas praias do Rio que vão muito além do que diz nossa vã “filosofia”, muito além “do Leme ao Pontal”.

Passe seu filtro solar e divirta-se!


Grand Hyatt Hotel Rio De Janeiro Na Barra Da Tijuca

Guia de hotéis na Barra da Tijuca (4 e 5 estrelas)

Guia de hotéis na Barra da Tijuca: Os melhores hotéis 4 e 5 estrelas na Barra da Tijuca.

You May Also Like

O Que Fazer Na Barra Da Tijuca Em 2021

Newsletter Barrazine

O melhor da Barra da Tijuca: Eventos, dicas, novidades, promoções especiais e vouchers exclusivos

Usamos cookies » Política de privacidade
Total
0
Share