Search Day Night
3837 Followers
U2 Lança Documentário Revelador

U2 lança documentário revelador

Total
0
Shares
Tráfego Promo
U2 Lança Documentário Revelador
rollingstone.com.br
Por Fabián Waintal*

Para diferentes gerações do nosso tempo, o grupo U2 é realmente um “blockbuster”. Mas nenhum de seus admiradores imaginou que poderia vê-lo no cinema.

O U2 já havia se apresentado no Festival de Cannes com uma produção 3D. E desta vez passa por outro, o Festival Internacional de Cinema de Toronto, para lançar o documentário “Down From The Sky”, que segue os integrantes da banda bem de perto, na intimidade do estúdio de gravação. E foi buscando ainda mais intimidade que os entrevistamos pessoalmente.

Quais os músicos que mais os influenciaram?

Bono: Eu gosto de Patti Smith e “Horses”. A honestidade brutal de suas canções, onde ela diz: “Jesus morreu pelos pecados de alguém, mas não os meus.” Eu tinha 16 anos quando a ouvi, não sabia nada sobre essa mulher, mas me fez querer saber mais sobre ele.

The Edge: Eu penso maios no Miles Davis, porque não só alterou o curso do jazz e da música, às vezes ele entrava no estúdio sem saber o que realmente iria acontecer. è o tipo de atitude que nos inspira porque também tentamos deixar o conforto para encontrar a criatividade. Não há escapatória. Se de repente você está muito confortável, passa a confiar apenas no que você sabe ou nas lições que aprendeu, o que vai influenciar no som confortável. E não temos interesse em passar por isso, que é a garnde sacada do U2.

E os Beatles não os influenciaram?

Bono: Os Beatles marcam profundamente todas as bandas, não apenas no aspecto musical. As forças que moldam o mundo passam por todo tipo de contextos culturais, políticos e até espirituais. E nós temos interesse em todos estes aspectos, não apenas no lado cultural. E os Beatles eram assim. Foram para a Índia para estudar com o Maharishi, fizeram os estúdios de gravação da Apple, entraram no lado comercial. Experimentaram em todas as direções. E quando nos desviamos um pouco, o fazemos para o público, pelo povo. Mas é isso o que fazemos, e acho que os grupos mais duradouros são aqueles que têm alguma curiosidade pelo mundo.

Qual é a canção do U2 da qual vocês nunca enjoam?

Bono: “Miss Sarajevo” é a que menos que me incomoda quando ouço no rádio. Agora, se eu vou … Não há nada pior do que estar em uma boate e alguém tocar uma de nossas músicas. Então eu vou reagir mal, “Poxa, estava tudo tão bem até agora!”

Mas se tocarem a música “Vertigo” …

The Edge: Aí é legal!

Bono: É bom, porque em outros tempos tocariam “New Years Day” e “Sunday Bloody Sunday”, não são ruins, mas se de repente eu estou dançando, sinto um pouco de vergonha porque todo mundo para de dançar, não dá para dançar.

A música “One” seria de certa forma hino do U2?

Bono: É estranho, sim. Tem muita gente que a toca em seus casamentos.

The Edge: Só porque ninguém presta atenção na letra.

Bono: Eu aconselharia os casais a não escolherem este tema porque é uma pílula muito amarga de se engolir. E tem sido usada de forma estranha, na África do Sul e na Bósnia, com pessoas que lutam pelos direitos dos homossexuais.

YouTube video

Com o mesmo diretor “Um Verde Verdade Inconveniente”, de Al Gore, filme vencedor de um Oscar, “Down From The Sky” foca na gravação do álbum “Achtung Baby”, 20 anos depois, com o retorno do grupo ao Hansa Studio, onde foi gravado. A idéia era mostrar o que eles fizeram para ficar juntos por tanto tempo. O grupo deu carta branca ao diretor Davis Guggenheim para pleno acesso aos arquivos, visando uma descrição mais honesta e precisa o possível do processo criativo do U2 … para aprecia-lo ainda mais.

Em uma escala de 0 a 10 é verdade que vocês poderiam ter separado durante a gravação de “Achtung Baby”

Bono: Era muito, mas muito provável. Eu daria um nove.

Como vocês aceitaram uma câmera tão indiscreta no mundo dos U2, como fizeram em “Down From The Sky”?

Bono: Eu ainda me pergunto como os deixamos xeretar no nível em que foi feito. E é algo muito interessante, porque como banda somos muito protetores e agressivos.

Edge: Mas, por boas razões, penso eu, porque trabalhamos com pessoas profissionais e bem intencionadas

Assim como os fãs podem assistir a este filme para aprender algo novo sobre o processo criativo do U2, existe algum outro filme no qual vocês mesmos aprenderam alguma coisa em particular?

Bônus: “The Last Waltz”, de Martin Scorsese. O qual devo ter visto dez vezes e recomendo a qualquer um.

The Edge: Eu diria o filme de Bob Dylan, “Don’t look Back”.

Fabián Waintal* mora em Los Angeles e foi produtor-executivo da transmissão do Oscar para o mundo, durante 15 anos. Atualmente é correspondente internacional para a revista Vanidades e seus artigos são publicados em váriosórgãos de mídia latino-americanos.

Fonte: elheraldo.hn

Desintoxicando O Organismo

Desintoxicando o organismo dos excessos do fim de ano

Não acredite em tudo o que dizem.

You May Also Like

O Que Fazer Na Barra Da Tijuca Em 2021

Newsletter Barrazine

O melhor da Barra da Tijuca: Eventos, dicas, novidades, promoções especiais e vouchers exclusivos

Usamos cookies » Política de privacidade
Total
0
Share