Search Day Night
3837 Followers
Royal Blue - Barra Da Tijuca

Barra da Tijuca tem imóveis cada vez mais valorizados

Total
0
Shares
Tráfego Promo
Royal Blue - Barra Da Tijuca
Royal Blue - Barra da Tijuca
Como a Copa do Mundo (2014) e os Jogos Olímpicos (2016) estão afetando o valor dos imóveis na Barra e região? Quem responde é Marcelo Franklin, administrador do site Imóveis Lançamentos, focado exclusivamente em lançamentos imobiliários no Rio de Janeiro. O Barrazine fez uma interessante entrevista com o especialista sobre o importante momento que está atravessando o setor:

BARRAZINE – Como está o mercado de imóveis do Rio de Janeiro?

MARCELO FRANKLIN – Não somente o mercado do Rio de Janeiro está espetacular, como em todo o Brasil.

BARRAZINE – De acordo com pesquisa do Secovi-Rio (sindicato do setor imobiliário), houve valorização acima de 40% do valor médio do metro quadrado em quase todos os bairros analisados durante um ano. Quais os locais mais valorizados?

FRANKLIN
– Os locais mais valorizados são a Zona Sul (Leblon, Ipanema e Botafogo) e a Zona Oeste (Recreio, Jacarepaguá e Região Olímpica)

BARRAZINE – Como está o mercado de imóveis na Barra da Tijuca?

FRANKLIN – A Barra e seu entorno são as regiões mais favorecidas pelos governos federal, estadual e municipal. Cerca de 70 % dos recursos aplicados por conta da Copa do Mundo e da Olimpíada, aqui no Rio, refletirão na região.

BARRAZINE – Qual o impacto dos Jogos Olímpicos (2014) e da Copa do Mundo (2016) nessa valorização?

FRANKLIN – Todas as sedes mundiais dos eventos destas magnitudes tiveram retornos fantásticos para sua região e país. Não será de forma nenhuma diferente aqui no Rio, em 2014, com a Copa do Mundo de Futebol e com os Jogos Olímpicos, em 2016.

BARRAZINE – Segundo Adam Smith, a lei da oferta e da procura é o que regula os mercados. Está havendo mais procura ou essa alta valorização é apenas especulação?

FRANKLIN – Ainda não é especulação. O Brasil mundialmente é a “bola da vez” em termos de investimento. Tem muito que crescer ainda e o mundo sabe disto. Toda a estabilidade conseguida pelo povo brasileiro, propicia e encoraja investimentos internacionais, com juros mais baixos e prazos mais longos.

Existem carências sim, de moradias e saneamentos, porém temos que lembrar que as condições de prazos, juros e distribuição de renda, propiciam melhores negócios na área de habitações.

BARRAZINE – Quais os locais mais procurados pelos compradores? Existe maior procura na orla ou nos locais próximos à Transoeste e à futura linha do metrô?

FRANKLIN – O coração dos investimentos está na região já chamada “Olímpica”. Os projetos de transporte e desenvolvimento desta área suplanta as demais. A orla é a orla, já quase não existem opções. O privilégio tem preço.

BARRAZINE – Como sabemos, os moradores da Barra querem muito que o metrô chegue até a Alvorada, com estações nos shoppings. No entanto, Governo do Estado já disse que o metrô da Barra só chegará até a Estação Jardim Oceãnico, pelo menos nessa fase inical da expanção. Podemos concluir então que a área da Avenida das Américas continuará se valorizando até que o metrô chegue ao BarraShopping e à estação Alvorada?

FRANKLIN – Sim. As duplicações dos acessos rodoviários já melhoram substancialmente a região. Para se ter uma idéia, em pouco tempo sairemos da Avenida Abelardo Bueno ou da Avenida Ayrton Sena e chegaremos ao Aeroporto em 12 minutos, diretamente, sem sinais.

BARRAZINE – Como está o preço dos imóveis usados mais antigos? Eles também continuam se valorizando?

FRANKLIN – Sim. Uma coisa puxa a outra. Está havendo um ajustamento.

BARRAZINE – Para uma família de classe média, com dois filhos e que está a procura de sua casa própria na Barra; qual seria uma boa dica de investimento?

FRANKLIN – Jacarepaguá ainda não reajustou totalmente. Tem como crescer em função do já explanado. A cidade ” caminha ” para aquela direção. Algumas regiões muito boas em Jacarepaguá estão distante apenas 15 ou 20 minutos da praia da Barra e da praia do Recreio.

BARRAZINE – Vale a pena fazer um finaciamento muito longo para essa família comprar um imóvel na área da Barra da Tijuca?

FRANKLIN – Vale. O ideal é pagar o mais rapidamente possível a dívida, usando poupanças e o FGTS, evitando os juros que sempre serão maiores do que os que temos acessos em nossas aplicações. É bom lembrar que o financiamento não inviabiliza o investimento imobiliário. Vamos por etapas, colocando o “chapéu aonde podemos alcançar”. Para muitos, as parcelas dos financiamentos substituem as mensalidades dos alugueis. É bem diferente e melhor.

Euro Em Crise

A falência do Estado social

Mais um bom artigo do economista Rodrigo Constantino

You May Also Like

O Que Fazer Na Barra Da Tijuca Em 2021

Newsletter Barrazine

O melhor da Barra da Tijuca: Eventos, dicas, novidades, promoções especiais e vouchers exclusivos

Usamos cookies » Política de privacidade
Total
0
Share